Os carros do amanhã… em 1948

O vídeo acima foi lançado em 21 de maio de 1948, sim, 1948. Não sei ao certo de onde ele vem, mas encontrei quando estava pesquisando coisas pro texto que estou escrevendo sobre Bioshock (em breve, aguarde, tá?).

Acabei tendo a curiosidade de saber um pouco mais sobre os carros que aparecem no vídeo, especialmente esse das 3 rodas que tinha muitas idéias bastante a frente do tempo dele e como nunca ouvi falar dessa empresa, fiquei na dúvida de que talvez o carro na prática fosse muito ruim, pegasse fogo espontaneamente, enviasse criancinhas pra outra dimensão ou qualquer coisa assim.

O que aconteceu foi que o sr. Gary Davis, aquele que permitiu que o narrador com a voz sensacional dissesse a infame frase do Frankenstein moderno, além de designer do carro era também o dono da empresa e além disso, nas horas vagas um belo sacana. O ilustre fez um monte de rolos de fraudes, desde problemas com imposto até não pagar funcionários. Ele acabou inclusive na cadeia por causa disso.

Os bens da empresa tiveram que ser vendidos para pagar as dívidas e a empresa que abriu as portas em 1947, as fechou em 1948. Alguns investidores tentaram recuperar partes do projeto, reabrir outra empresa, e tudo mais, mas não deu certo.

Algo curioso, que mostra como a empresa realmente estava a frente do seu tempo, é que eles chegaram inclusive a produzir um veículo para o exército dos EUA que estava em testes quando tudo veio abaixo. Tem foto nos link lá em baixo. Imagine como a industria automobilística poderia ser diferente se o exército americano adotasse como padrão veículos com 3 rodas?

Moral da história, se você tiver boas idéias acredite nas boas idéias e não dê uma de sacava e saia por aí dando calotes, sim?

Link
A história da empresa Davis Motors no Wikipedia
A foto do protótipo militar da Davis Motors

One Comment on “Os carros do amanhã… em 1948

  1. Interessante como a noção de aerodinâmica foi incorporada, até onde eu sei foram os engenheiros da força aérea britânica (que depois da segunda guerra foram mandados praticamente todos pra rua) encorporados nas equipes de F1, que foram os pioneiros no desenvolvimento da aerodinâmica em carros. Curiosamente ainda hoje as rodas dos carros de F1 são feitas de magnésio forjado e correm grande risco de pegar fogo.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: