Não, não, não, eu não morri

Olá ilustres pessoas que nos acompanham, como vão vocês?

Hoje estou aqui (como sempre) pra falar merda enquanto falo algo sério, mas dessa vez a história que vou contar é um tanto inusitada e vai de certa forma adicionar algumas coisas ao site que podem ser bem legais, conforme o seu gosto pessoal que é só seu e de mais ninguém (é, é sim).

Eu já falei aqui algumas vezes que meu trabalho socialmente aceitável, aquele que não envolve ficar fazendo desenhosinhos, contando historiazinhas, nem falando coisas que nem sempre fazem sentido é em um certo instituto de pesquisa.

Certo dia surgiu uma oportunidade de realizar uma viagem de mais ou menos 4 meses e alguns dias para a terra distante chamada Alemanha (conhecida também como Doitichilandi). Por algum motivo que eu também não sei, a minha pessoa foi indicada para o problema, digo, para a oportunidade.

E isso tudo vai virar conteúdo para o site, como não podia deixar de ser. Sabe como é, temos que dominar o mundo.

Estou na Alemanha desde 7 de agosto, mas só hoje consegui ter novamente internet. Esses dias que fiquei sem ela escrevi bastante coisa que assim que eu reler e ver o que presta e o que é muito ridículo, vai parar aqui no site.

Sobre as atualizações normais do site, não ficareis nervoso, eu trouxe todas as coisas pra que eu possa continuar trabalhando e fazendo tudo.

Então é isso, apertem os seus cintos e vamos comigo nessa descoberta filha da mãe de uma terra que não gosta de mostarda e cinemas com filmes legendados.

One Comment on “Não, não, não, eu não morri

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: