Escola de Rock

Fazer um filme sobre rock e sobre a vontade de viver de música não é fácil, ainda mais quando se trata de uma comédia com crianças. Escola do Rock consegue, dentro da sua proposta, ser verdadeiro com esse sentimento sobre a música e a música em si.

A história fala sobre um cara com seus mais de trinta anos que ainda não desistiu de realizar seu sonho de se tornar um astro do rock. Por causa de dinheiro, um belo dia ele é forçado a se passar por professor substituo numa escola super tradicional onde ele descobre que a turma pela qual ele é responsável tem alunos que sabem tocar muito bem instrumentos musicais.

Ele resolve então montar uma banda de rock, ensaiando ao invés de dar aula com o objetivo de disputar em um concurso de bandas pra se vingar da sua ex-banda, da qual ele foi chutado. É, no final é tudo movido por vingança, como quase toda história hehehe


É um filme infantil de humor, você sabe como termina a história. Sabe que vão descobrir que ele é um impostor, sabe que eles vão tocar e vai ser lindo, o maior sucesso e tudo mais. Não é um roteiro de reviravoltas, é um roteiro que retrata a mudança de atitude que música pode causar numa pessoa e como a música pode ser importante nisso. Repare na diretora da escola, como ela muda quando ouve a música que ela gosta, como um exemplo menos óbvio. A maneira que a história é conduzida pelo nosso amigo Richard Linklater (o diretor, que é famoso por ter dirigido aquele filme “Antes do Amanhecer”), consegue retratar e pontuar momentos que fazem sentido pra quem gosta de música ou já teve uma banda, mas que ao mesmo tempo conseguem ser divertidos até pra quem olha uma corneta e disse “uh, que bela guitarra!”.

A rotina de se montar uma banda, de compor uma música em grupo e os sentimentos envolvidos quando uma letra é pensada, ou ainda a compreensão do que é a música, como na cena em que ele dá de lição de casa pros alunos ouvirem CDs de bandas de rock famosas, ou ele falando sobre “enfrentar o homem” e tudo mais, é tudo feito com uma certa simplicidade, sem criar algo muito profundo, mas profundo o bastante pra ser verdadeiro e divertido pra qualquer um.


Se você nunca viu esse filme e já quis viver de música ou só gosta de música clica ali baixo, compra o DVD e vai ver. Se você só quer um filme de comédia que não seja um festival de piadas corporais e flatulências, também não perca seu tempo. Agora se você odeia o Jack Black e acha que música é a pior coisa que já inventaram na face da terra, sobre o Jack Black eu até entendo, mas sobre a música, cara, você é muito chato.

 >> Escola de Rock no Submarino.com.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: