Sobre esse "2009"


2009 foi um ano muito estranho e muito complicado pra mim em diversos aspectos. Aconteceu de tudo e também não aconteceu de tudo. E apesar de isso ser algo que qualquer ano normal tem, esse não foi um ano normal.

Não acho que seja válido pra alguém eu vir aqui e contar literalmente as coisas que aconteceram, até porque o objetivo não é tipo transformar isso aqui em diário, revista de fofoca, muro de lamentações ou posto avançado de vergonha alheia (hahaha). Acho que é mais válido dizer o que foi levado mesmo de tudo que foi vivido. E foram vividas muitas coisas. Vai que serve pra alguma coisa ou pra alguém?

Pra começo de conversa acho legal como na verdade essa coisa de virada do ano é uma ilusão. Na prática é só um dia depois do outro, contado num calendário que marca seu início numa data que nem está certa. Mesmo por termos astronômicos pra tentar me convencer, já que eu gosto de astronomia, é uma volta em volta do Sol. E por ser uma volta, não dá pra dizer onde é de verdade que acaba uma volta e começa outra, pode ser em qualquer parte, em qualquer dia do ano. Só que mesmo sendo uma ilusão, é sempre bom saber que se concluiu alguma coisa.

Nós vivemos nessa sociedade humana que tem suas coisas e conta seu tempo com esses anos e com esses dias, talvez numa tentativa de guardar, lembrar e entender as coisas que a gente vive. Nesse sentido é legal ver que o ano acabou, que vem outro ano e que é, no final é um ciclo, é um período que se concluiu, mesmo que o céu continue o mesmo céu, a semana continue tendo 7 dias e que na segunda-feira tenhamos que voltar a trabalhar.

O que eu vou levar de 2009 são, resumidamente, 5 coisas:

1 – Saber quem nós somos e o que nós queremos de verdade é um processo complicado pra caralho e que envolve ter medo, se machucar, machucar pessoas que não queremos machucar e o compromisso de decidir algo e fazer aquilo de maneira correta. A decisão, e acreditar nessa decisão é o mais importante, os dias passam, as coisas mudam e no final aparece uma resposta. É meio frase de pára-choque de caminhão, mas esse ano eu aprendi bem que a maior força do universo é o dia seguinte.

2 – Nem sempre é legal você ser capaz de olhar pra uma pessoa e saber quem ela é. Principalmente quando seu julgamento só seria útil se fosse feito por outras pessoas. Cada um tem seu tempo de ver o que precisa ver e às vezes acontece de termos que fazer o certo, mesmo quando o certo não é fácil pra gente.

3 – Dormir bem, satisfeito consigo mesmo e com as perspectivas do que fazemos no nosso dia, ou até não dormir, pode ser melhor do que dormir as 8 horas que o médico mandou.

4 – Mesmo quando a gente tá fudido, quando tudo parece inútil e sem valor, não pode nunca perder a habilidade de rir ou de fazer piada das coisas. Também não é bom perder o interesse de buscar novas respostas pras coisas. Todo problema tem uma solução. Todos.

5 – Se você quer alguma coisa tem que acreditar que pode dar certo. Aquela história de “não, não crie muitas expectativas, achando que tudo vai ser isso e aquilo, porque se não você vai ter grandes decepções e vai se arrepender” é uma babaquice do caralho. Conversinha de gente covarde e fraca. Acreditar nas coisas, criar expectativas, é que vai te mover pra construir coisas que são realmente grandes. E se decepcionar faz parte, é pra isso que agente tem uma bunda gorda, pra cair sentado várias vezes, mas nunca parar de andar.

Por fim só acho que preciso dizer aos meus amigos, que por mais que eu esteja sempre sumindo, correndo, não aparecendo, ou qualquer coisa assim, eu tenho sim consideração por vocês. Apesar de eu não ser a Xuxa, esse é o meu jeitinho. Cada pessoa que me conhece e que trocou uma palavra que fosse comigo em 2009 foi muito importante em todo o processo que foi esse ano. De verdade.

Não posso deixar de agradecer também a todas as pessoas que apóiam aqui as coisas que eu faço. Ainda não somos uma mega corporação, eu ainda não ganhei meu primeiro milhão, mas é um pessoal que me escreve, que visita, que comenta, que dá uma força, ou que só visita e se diverte. Isso tudo é muito importante quando a gente corre atrás de um projeto maluco que nem sabemos se vai dar certo hehehehe.

Por hora é isso ilustres pessoas. Fiquem bem, 2009, você foi muito foda, mas vai em paz, eu ainda estou de pé, rindo, eu ganhei hahaha. 2010, seja bem vindo. E pra todos vocês, um ótimo ano novo!

Até.

One Comment on “Sobre esse "2009"

  1. Pô Legal mesmo esse post
    parece comentário idiota mas é de coração mesmo véi…

    bom 2010 e continue com esse projeto que ele é muito massa
    flw

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: