WALL – E

Esse filme não é novo, faz um bom tempo que saiu, já tem até o DVD, mas as coisas são assim, tem sempre algo bom que agente acaba perdendo e só depois descobre aquilo. Igual qualquer coisa na vida.

Se você também perdeu e nem faz idéia de que negócio é esse, o filme fala sobre um robô que vive limpando o planeta Terra que ficou tão imundo, mas tão imundo, que os humanos se mandaram pro espaço pra só voltar quando o planeta estivesse limpo de novo. Ao longo dos anos o robô acabou desenvolvendo uma personalidade e uma curiosidade únicas. E lá vivia ele, fazendo o trabalho dele e coletando coisas que achava interessantes. Um dia chega do céu uma robozinha branca que captura a atenção do nosso amigo e aí tudo vai mudar para ele, para o planeta e para a humanidade (nossa, falei bonito, heim?).

A primeira coisa que me vem de cara na cabeça é “Que porra de história é essa?”, quer dizer essa é uma idéia original, não é algo que eu já vi várias vezes, não sei de quantas formas. Nesses dias de cinema de fórmula, de remakes de remakes e tudo mais, a Pixar ainda é um dos poucos lugares onde novas idéias podem ver a luz do sol e ainda terem sucesso comercial. E esse é um filme original e bom de verdade, não é uma daquelas porcarias Cult que só porque são “diferentizinhas” acham que tem uma licença especial pra serem um puta pé no saco ou um daqueles filmes que você no final fala “pô, legal”, mas não tem a menor vontade de ver de novo.

Eu gostei de muitas coisas no filme. Desde o design dos personagens, do próprio mundo e das coisas tecnológicas. Os robôs não falam, o que quer dizer que mais da metade da história é contada sem diálogos e a maneira que a história é conduzida, assim sem diálogos, é outra coisa que eu gostei muito. Tem uma porção de filmes por aí de duas pessoas que se envolvem e tudo mais essa união, essa conexão, simplesmente não funciona. Aqui nós temos dois robôs, quase nenhuma fala e existe essa conexão. E mais importante que isso existe uma conexão não só entre eles, mas entre eles e quem vê o filme. E eu não gosto de contar muito sobre a história do filme pra manter uma surpresa mesmo, mas o filme tem mais coisas do que apenas a conexão desses dois robôs.

Se você é fã da Pixar e não viu ainda esse filme, vá o quanto antes, compra o DVD sei lá, você não vai se arrepender. Agora, se você não faz a menor idéia do que seja “Pixar”, não importa quem é você, a menos que você seja uma pessoa que só curte assistir coisas tipo Rambo, esse filme vai ser divertido pra você. Se eu estiver errado me manda um e-mail me xingando o/.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: