Videogame é coisa de criança

Nos últimos dias alguns jornais ao redor do mundo publicaram colunas onde seus escritores se referiam aos videogames como sendo um brinquedo, que as pessoas que se dedicavam a isso deveriam para de ser infantis e de “viver em mundos de fantasia”. Pra mim essa parece uma discussão inútil, como aquelas pessoas que dizem que a televisão é a imagem da besta. Um livro não é fantasia? Ou um filme?

Fiquei um pouco supreso por ver veículos de informação conceituados demonstrarem tamanha falta de conhecimento. Tenho certeza que se esses escritores fossem se informar e ver o que são os jogos, o que eles contém e como são apresentados, se dessem uma chance, veriam que a coisa não é nem um pouco assim. Se fossem mais atentos perceberiam que o mercado de jogos é tão grande que tem faturamento anual maior que o cinema e continua em crescimento.

Acho uma pena que ainda exista um preconceito, mas, como eu disse, essa é uma discussão inútil, é inevitável, os jogos vieram para ficar. Se poucas pessoas conseguem reconhecer seu valor, ou mesmo percebê-los como uma forma de arte, afinal estão ali combinadas todas as outras artes, desde música até arquitetura, ou pelo menos como qualquer coisa válida isso não é importante. O monstro que espreita já é grande demais pra ser parado. A geração atual que tem hoje seus 20 a 30 anos têm os jogos como parte da sua vida.

Enquanto isso no Brasil, de vez em quando vemos algum deputado propor alguma proibição de algo que ele ouviu falar. É engraçado ver Counter-Strke proibido por causa de um conteúdo que foi criado por fãs. Eu acho realmente uma pena quando as pessoas não levam as coisas a sério e agem dentro um preconceito. Acho que não custa nada se informar antes de agir. O importante é que enquanto eles dizem o que quiserem dizer, os jogos continuam sendo feitos e nós continuamos nos divertindo. E o monstro? O monstro cresce cada vez mais.

One Comment on “Videogame é coisa de criança

  1. Claro que video game é coisa de criança. Resident Evil tem classificação 18 anos de idade. Ou seja, menores de 18 não podem jogá-lo. Existem vários jogos de classificação etária alto que excluem crianças. Como video game é coisa de criança? Então tirem as classificações etárias dos jogos, parem de censurar os desenhos japoneses e libere tudo que vocês acham que é de criança.

    Pois é. Não tem jeito. Vocês mesmo admitem de forma implícita que isso não é para crianças.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: